ARTE VIVA EM SAO PAULO 2017-08-15T21:33:40+00:00

ARTE VIVA EM SÃO PAULO

Aniversario da cidade de São Paulo – Brasil

A 37 anos o Espacio Uruguay, situado no coração da cidade, na fervilhante avenida Paulista, oferece ao publico uma exposição coletiva de artes plásticas alusiva a data de aniversario da cidade em 25 de janeiro e que neste ano completa 463 anos.

Metrópole que se distingue pela diversidade de suas origens, onde todos e tudo encontram seu « lugar ao sol ou à sombra », São Paulo é cidade que não acorda, não desperta porque não dorme, palco do « impossível possível » vinte quatro horas por dia e trezentos e sessenta e cinco dias a cada ano.

Sendo a capital econômica da América do Sul, consequentemente é a capital onde as artes, os costumes e a cultura são em permanente profusão e mutações, e proporciona um calendário de eventos artísticos de todos os horizontes culturais brasileiros e internacionais.

Espacio Uruguay

Av Paulista 1776 Edifício Parque Avenida CEP 01310-921 – 9° andar – Elevadores : 3 e 4
Período de exposição : 1 de fevereiro à 2 de março de 2017
Permanência da exposição : de segunda à sexta feira de 14 à 18h

BresilArtFrance tem a honra de apresentar 4 artistas nesta coletiva

Flávia MESQUITA, é formada em Artes Visuais pela PUC Campinas em 1981, e desde então desenvolveu-se nas áreas de escultura, pintura a lápis, tapeçaria, tecelagem, entre outras. Tecer em papeis, usar dos efeitos de sua superposição e entrelaçamento é um trabalho que a artista desenvolve de maneira apaixonada por mais de uma década.

san Paulo metro

SÃO PAULO TECIDO METROPOLE

Escultura plana – trama em papel – 2017 – 90×1,30m

São Paulo formado por fios que se intercalam em preto e vermelho. Uma pequena tecedura branca representando a cidade, a capital a metrópole.

san Paulo arte vivo

SÃO PAULO CAPITAL BRASIL

Escultura plana – trama em papel – 2017 – 80X1,22m

São Paulo formado de trama inversa em preto e vermelho que se sobrepõem. E a diversidade de procedências que a cidade acolhe representada por vários Brasis.

Humberto Carrazzone, Beto Carrazzone, nascido em São José do Rio Preto, no estado de São Paulo no Brasil em 1967, é um criador artístico: pintor, escultor, designer …

Mudou-se para São Paulo em 1986. Três anos mais tarde, obteve o grau de Comunicação Social da Universidade Anhembi Morumbi. Iniciou suas atividades artísticas como autodidata, enquanto frequentava a universidade. Ela produz cenários, ilustrações e participou em exposições coletivas.

Ele fez uma primeira exposição individual em 1993 no SESC Rio Preto. O relevo e a encáustica são sempre utilizados em suas técnicas de criações artísticas. Desenhos a nanquim são, desde 2000, uma fonte de inspiração para o desenvolvimento de esculturas de metal. Em suas esculturas apresentam volume a partir do uso de placas de metal em suas produções.

Ganhando proporções mais expressivas, ocupando superfícies planas e enriquecendo um repertório diverso combinado com outros materiais, como madeira, vidro e acrílico. Beto Carrazzone vive e trabalha em São Paulo. Convidado por BresilArtFrance apresenta uma de suas criações à exposição ARTE VIVA EM SÃO PAULO.

BresilArtFrance_Homo-Urbis-Flaneur

HOME URBIS/FLÂNEUR

Mista sobre lona – 2013 – 100×150 cm

Contrariamente ao flâneur de Baudelaire, os motorizados não exploram e não são aleatórios nos seus trajetos. Os flâneurs fazem curvas, são livres.
O aniversario de SP, pode propiciar a reflexão de seus habitantes à explorar novas soluções e novos trajetos para a cidade. Descobri-la como “les flâneurs”.

Dulla desenvolve uma percepção inovadora de olhar, “clicar” e produz imagens que lhe proporciona a oportunidade de participar em diferentes ocasiões à eventos onde a arte fotográfica é integrante.

Dulla participou em 2014 na 10a Biennale d’Arte Internazionale em Roma e sua obra “Sorte” recebeu o 3° prix. Representado por BresilArtFrance sua obra fotográfica participou do Salon ArtShopping – Carrousel du Louvre em outubro de 2016

BresilArtFrance-12-Dulla-MinhaCidade

Minha Cidade N°615 – 2016 – 90X60

BresilArtFrance_615-Dulla-MinhaCidade

Minha Cidade N°12 – 2015 – 90X53

Nesta série de fotografias apresento algumas das possíveis visões sobre este lugar magnifico, intimidante. Compartilho com milhões de pessoas e suas singulares opiniões que chamo minha cidade, não por possui-la, mas simplesmente por fazer parte dela. Fotografias realizadas e manipuladas digitalmente. Impressas em papel algodão

Haran MORAIS DE AMORIM, designer gráfico graduado na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Trabalha com ilustração manual, digital, grafismo descontrustivo, caligrafia e manipulação de imagem.

BresiArtFrance_nanosampa

NANOSAMPA

Geometrização e redução por out line et/Couché 180g sur foan – 2017 – 29,7 x 42 cm

O projeto Nanosampa foi desenvolvido de forma idependente ao longo de 2 anos com o propósito de um redesign de marca para a cidade de São Paulo. O projeto apresenta através de símbolos pictográficos os principais elementos da cidade com o objetivo de homenagear sua arquitetura e apresentar um Citybranding moderno e vibrante e flexível para a cidade de São Paulo.

A partir de uma linha gráfica minimalista, o nanosampa apresenta uma composição dos principais marcos da cidade afim de celebrar seus 463 anos.

Vernissage Arte viva em São Paulo

Bresil Art France
Arte viva em São Paulo
BresilArtFrance_dulla
bresilArtFrance_espacio-uruguay
espacio_uruguay
hall-espacio uruguay
bresilArtFrance_dulla_espacioUruguay